skip to Main Content
Terceirização Dos Serviços De Tecnologia Da Informação, Uma Nova Oportunidade De Negócio Emergindo!

Terceirização dos Serviços de Tecnologia da Informação, uma nova oportunidade de negócio emergindo!

Não é nenhuma novidade que os serviços da tecnologia da informação – TI, vem sendo cada vez mais presente na vida dos empreendedores e empresas. Principalmente sendo coadjuvante no crescimento e aprimoramentos de vários negócios.

O ato de terceirizar os serviços de tecnologia da informação vem aumentando dia após dia, pois muitos são os benefícios envolvidos, como:

  • Redução das despesas.
  • Maior segurança.
  • Maior ponto de apoio nas resoluções pertinentes.
  • Trazendo assim, maior competitividade ao negócio.
  • Concentrando esforços em outras áreas que estão carentes de atenção.

Terceirização em TI nas organizações privadas

No momento em que vivemos, a terceirização dos serviços em tecnologia da informação, voltados a uma melhor atuação e gestão empresarial, se tornou mais do que uma realidade e necessidade.

Em decorrência da evolução que ocorre com o atendimento eletrônico, muitas informações, hoje, são disponibilizadas. Assim, muitas empresas são obrigadas a reconsiderar alguns critérios essenciais das suas áreas de TI.

Quais são os trabalhos mais terceirizados em TI?

  • Serviços de transmissão de dados.
  • Gerenciamento de redes locais ou externas.
  • Desenvolvimento e acompanhamento de softwares.
  • Hospedagens de bases de dados e programas para computadores.

E por que as empresas têm feito essa terceirização em TI?

A terceirização em serviços de tecnologia da informação tem permitido de forma efetiva que os empresários e empresas alcancem objetivos importantes, como:

  • Redução de custos.
  • Obtenção de especialidades de algumas ou diversas áreas.
  • Maior concentração das atividades da empresa.
  • Maiores alternativas para a empresa.
  • Criação de melhores estratégias e desenvolvimento das mesmas.

Importante ressaltar alguns parâmetros para o desenvolvimento da empresa em TI

Qualquer empresário que trabalhe com o nicho de TI, por exemplo, deve ter um negócio bem estruturado.

A estrutura do negócio precisa estar adequada para que os fornecimentos dos serviços sejam incluídos de forma satisfatória, buscando o atendimento da demanda organizacional.

Para isso, é preciso verificar se as atividades dos serviços em TI estão alinhadas aos principais objetivos. Será através dessa e de outras tomadas de decisões que será possível identificar a potencialidade da tecnologia na estratégia dos negócios empresariais.

Questões contratuais

Todo empreendedor na área de TI, deve estar ciente dos riscos que envolve o negócio. Por isso é tão importante saber quais são as necessidades pertinentes para que a empresa de terceirização, haja com segurança e assim seja bem-sucedida.

No contrato, por exemplo, é preciso compor definições, tanto para o prestador de serviço, quanto para o contratante.

Isso evitará gastos extras com negociações que não foram acordadas e com ajustes que não foram firmados, evitando dores de cabeça e retrabalho. As necessidades e demandas devem seguir um padrão de curto, médio e longo prazo.

É preciso também verificar outros pontos, como:

  • Avaliação dos serviços atuais.
  • Remodelagem ou atualização dos serviços.
  • Renovação do contrato.
  • Migração de serviços.
  • Dimensionamento do grau de dependência para atuar com os serviços.
  • Quantidades de servidores atendidos.

Também é necessário que a prestadora de serviço em TI esteja atenta a:

 

  • As necessidades das chamadas cláusulas de resolução de impasses e das futuras saídas que servem para evitar que desavenças ou impasses no decorrer do relacionamento, venham a ocorrer e prejudicar o trabalho dos serviços em TI.

Desenvolvimento de softwares

Essa é outra área que precisa de atenção para os prestadores de serviços em TI, por quê?

Porque é preciso considerar as questões de titularidade da propriedade intelectual do programa a ser desenvolvido.

Em resumo, o contrato de prestação de serviços que é firmado entre as partes, deve conter cláusulas expressas sobre tudo o que foi acordado. Isso se torna ainda mais importante, quando o desenvolvimento do sistema não constitui o objeto do contrato, mas que tem destaque quanto a natureza da relação entre as partes.

Ficou claro para você?

Em caso de dúvidas, ajuda e apoio contábil, entre em contato!

serviços da tecnologia da informação, prestadores de serviços em TI, empreendedor na área de Ti, gestão empresarial, áreas de TI, estratégia dos negócios empresariais

Back To Top